Comunicação ›› Notícias

  • 26/10/2015

Portagens nas Scut ajudam a fechar três mil empresas

Hoje não há bolo de aniversário e se algo os automobilistas e os empresários tivessem de apagar não seriam as velas, mas as portagens que lhes tiraram da carteira 422,3 milhões de euros para a Infraestruturas de Portugal.

Segundo a Infraestruturas de Portugal (IP), foi esta a receita arrecadada, desde 15 de outubro de 2010 até 30 de setembro último, nas autoestradas Costa de Prata (160,4 milhões de euros), Norte Litoral (139,5) e Grande Porto (122,4).

As novas portagens alteraram o dia a dia de muitos e provocaram rombos na economia, nomeadamente de quem vive das estradas. "Três mil empresas de transportes fecharam nos últimos três anos, também, por culpa das portagens nas Scut", revela Gustavo Duarte, presidente da ANTRAM - Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM)

« voltar